Vamos Orar pelo Chile

Vamos Orar pelo Haiti

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Viva cantando, espalhe alegria!

A música originou-se no Céu. Na Bíblia há o registro de como o alegre cântico de louvor e gratidão dos filhos de Deus e dos anjos ecoou pelos Céus quando Deus criou a Terra: “todos alegremente cantavam”. (Jó 38: 4-7). Quando Jesus nasceu milhares de anjos cantaram (Lucas 2: 13,14). O rei Davi era o melhor músico do seu país. Ele criou e tocou vários instrumentos. Fundou uma escola de música instrumental e vocal com duzentos e oitenta e oito mestres e quatro mil alunos. (I Crônicas. 23: 5; 25: 7).

Cantar alegra, anima, acalma e melhora os humores. Ativa a circulação sanguínea e a respiração, criando um grande bem estar. A música é a arte dos sons; o poema é a arte das palavras. Cada uma em separado toca nossas emoções. Quando unidas no cântico o poder de comunicação é potencializado.

Os textos bíblicos que seguem mostram como Deus deseja que sejamos felizes, confiantes e que expressemos nossa alegria espiritual também na forma de cânticos sagrados:

“Ensinem e animem-se com salmos, hinos e cânticos espirituais” (Colossenses 3:16).

“Está contente? Cante louvores!” (Tiago 5:13).

“Agrada a Deus que o Seu povo cante alegremente” (Salmo 147:1 BLH).

Faça a experiência dos dez dias com cânticos. Escolha cânticos e canções de sua preferência e durante dez dias cante mais. Ouça-os em casa ou no carro cantando junto. Cante em voz alta ou na mente; sozinho ou com outros; adormeça cantando, levante cantando; cante no chuveiro, na caminhada. Extravase todas as suas disposições de espírito em cânticos. Encontre propositalmente motivos em tudo para cantar. Após dez dias, olhe na sua agenda e compare como se sentia há dez dias, e como se sente hoje. Olhe no espelho e procure enxergar o aspecto do seu semblante. Verá que sua aparência estará mais serena e feliz. Estes são alguns dos bons efeitos de cantar. Se gostou, por que não continuar, e também divulgar?

Por Vasti De Souza Viana – autora do livro – Cura para o Vazio da Alma

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem sou eu

Seguidores