Vamos Orar pelo Chile

Vamos Orar pelo Haiti

quinta-feira, 18 de março de 2010

IMPOSTAÇÃO VOCAL

IMPOSTAÇÃO VOCAL



Imaginem uma forma de bolo.
Imaginem uma cozinheira maravilhosa!
Seus bolos se desenformam com perfeição.
Agora imaginem que sua voz deva ser colocada dentro de uma 'forma' dentro de suas cavidades ou caixas de ressonância e amplificação lá no seu trato respiratório.
Pense no ar sonorizado dentro de paredes mucosas maleáveis, cavidade bucal, cavidade nasal e caixa craniana.
O foco do seu som deverá sempre se direcionar para estas regiões altas.
Nunca permita que fique num foco baixo, como na faringe (garganta), pois assim estará cometendo um 'abuso vocal' na resistência das pregas. Voz 'entubada' não se permite impostar.
As vogais devem ser valorizadas, pois são elas que conferem o caráter sonoro da fala e do canto.
Cada vogal posicionará sua língua num determinado lugar.
A língua deve ter boa mobilidade por todos os lugares da sua boca. Uma língua parada, flácida, é um problema a ser tratado com um profissional.
Como na vogal /o/, a língua deverá se posicionar nas regiões baixas da boca.
Na vogal /e/, a língua deve se posicionar nas regiões médias da boca.
E regiões altas, como na vogal /i/.
Procure sempre manter a língua em forma de 'concha' ou 'colher', para que dê passagem ao som, mesmo que o corpo da língua esteja alto, como na vogal /i/.
Por exemplo:pense na ampliação e flexibilidade da forma. Ela é fixa, mas é abundante em território, tem espaço para enriquecimento. E isso quem comanda não é a sua laringe, mas o seu cérebro.
Pensou?
Agora desenforme o som que sairá uniforme e terá condições de projetá-lo muito bem.
Hummmmmmmmmmmm!!!!!!Que bolo gostoso!!!!!!!Ops! Que som gostoso de se ouvir!!!!!!!!

JACQUELINE TRINDADE VIEIRA
fonoaudióloga

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem sou eu

Seguidores