Vamos Orar pelo Chile

Vamos Orar pelo Haiti

sexta-feira, 19 de março de 2010

Órgãos do sistema respiratório




Sistema respiratório é formado por um conjunto de órgãos que têm como função principal captar oxigênio e eliminar gás carbônico. É constituído por um par de pulmões e por vários órgãos que conduzem o ar para dentro e para fora do nosso corpo.


Fossas Nasais

Desempenham três funções importantes:

  • aquecem e tornam úmido o ar que passa a caminho dos pulmões;
  • retêm partículas de poeira funcionando como um filtro;
  • transmitem sensações olfativas ao cérebro por nervos especializados
Faringe

Estrutura comum ao Sistema Digestório. Pela faringe passa tanto o ar como o alimento. Para coordenar a passagem tanto do ar como do alimento, na faringe existe uma estrutura - a epiglote - que assim que o alimento chega a parte superior da faringe, a epiglote fecha a passa o ar, deixando o caminho livre do alimento para o esôfago. Quem tentar engolir e respirar ao mesmo tempo vai engasgar e pode até se sufocar.

Laringe

Órgão responsável pela voz. Localizada na parte superior da traquéia, a laringe constitui-se de duas membranas, as cordas vocais, que vibram quando o ar é expelido, formando o som. É um tubo sustentado por peças de cartilagem articuladas, situado na parte superior do pescoço, em continuação à faringe. O pomo-de-adão, saliência que aparece no pescoço, faz parte de uma das peças cartilaginosas da laringe.

Traquéia

É um tubo de aproximadamente 1,5 cm de diâmetro por 10-12 centímetros de comprimento, apresentando suas paredes reforçadas por anéis cartilaginosos. É revestida internamente por uma membrana que contém células produtoras de muco. Esse além de aquecer e umidecer o ar que respiramos, retém suas impurezas que são eliminadas pelo movimento dos cílios existentes nas células da traquéia.


Brônquios

São duas ramificações da traquéia que penetram nos pulmões. Os brônquios são formados por anéis de cartilagem semelhantes aos da traquéia. Cada um dos brônquios penetra em seu respectivo pulmão e, a partir daí, dividi-se em diversos ramos menores - os bronquíolos- formando um conjunto de ramificações que denomina-se árvore brônquica.


Pulmões

Principais órgãos do sistema respiratório. São dois órgãos esponjosos envolvidos por uma dupla membrana serosa denominada pleura e localizadas no tórax e protegidos pelas costelas. O ar chega aos pulmões por meio de bronquíolos (ramificações dos brônquios). Estes carregam de ar os alvéolos pulmonares (microscópicos "sacos de ar" de paredes finíssimas). Nos alvéolos, o ar inspirado irá oxigenar o sangue e receber deste o gás carbônico produzido por todas as células do organismo. Os pulmões possuem cerca de 300 milhões de alvéolos.

Os alvéolos pulmonares são as estruturas onde acontecem as trocas gasosas. O oxigênio do ar inspirado passa dos alvéolos para os vasos sangüíneos e daí é distribuído pelo corpo. Já o gás carbônico resultante da respiração deixa as células, passa para a circulação sangüínea, atinge os alvéolos e então segue o caminho das vias aéreas para fora do corpo.

Diafragma

A base de cada pulmão apóia-se no diafragma, órgão músculo-membranoso que separa o tórax do abdome, presente apenas em mamíferos, promovendo, juntamente com os músculos intercostais, os movimentos respiratórios. Localizado logo acima do estômago, o nervo frênico controla os movimentos do diafragma

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem sou eu

Seguidores